Sustentabilidade

Vamos ser consumidores mais sustentáveis?

A indústria têxtil é uma das mais poluentes do mundo, e contribui para mudanças climáticas que afectam o nosso planeta.

fast-fashion, oferece roupas da moda a preços acessíveis criando um problema de sustentabilidade do planeta, porque o ciclo de vida dos produtos é mais curto, as coleções de moda têm cada vez mais peças o que irá aumentar a produção têxtil destes artigos, aumentando o consumo de matéria-prima, a água, a energia usada, produtos químicos prejudicais à saúde e ao ambiente, não esquecendo o lixo têxtil que acaba em aterros.

Mas a preservação do meio ambiente e a diminuição de impactos ambientais são factores que têm mudado os comportamentos de compra.

Os consumidores preocupam-se cada vez mais com a sua pegada ecológica, e com os produtos que compra e optam por soluções e marcas que dão prioridade ao meio ambiente, e ao futuro do planeta.

 

Vamos aplicar os 4R’s: ReduzirReutilizarReparar e Reciclar

Reduzir é o primeiro e o passo mais importante porque ajudará na redução da produção em massa.

Reutilizar rege-se sob o mote de que o consumidor adquira “peças de longa duração” que se possam utilizar por vários anos e em várias estações.

Reparar  e transformar peças com “apontamentos novos”. Ao “dobrar o tempo útil” de uma peça de roupa de um para dois anos as emissões de carbono reduzem em 24%. Por fim, quando já não há mais forma de reutilização e reparação, o caminho é reciclar.

Reciclar transformando materiais já utilizados noutros para nova utilização. Para que os materiais possam ser reciclados é necessário proceder a sua deposição no respectivo ecoponto.

A moda sustentável deixou de ser apenas uma tendência para passar a ser uma realidade na vida de cada um.

E a pensar nas futuras mamãs, que se preocupam com o futuro do planeta que vão deixar aos seus filhos e às próximas gerações, nasce a Mom-to-Mom.